terça-feira, 21 de junho de 2011

Coreto em Movimento atrai público recorde em Videira


Um público recorde de mais de cinco mil pessoas passou pelo 1º Coreto em Movimento, realizado pela Prefeitura de Videira, Secretaria Municipal de Turismo e Cultura e o Museu do Vinho Mário de Pellegrin, neste domingo (19). A edição que teve como atrativos a 2º Exposição de Carros Antigos e Clássicos de Videira e o 4º Encontro de Quadrados da Volkswagen de Santa Catarina também apresentou um número recorde de carros inscritos. Foram cerca de 300 veículos expostos. “Estamos extremamente satisfeitos com o resultado desse evento que promovemos para as famílias de Videira e região. Quem passou pelo Coreto em Movimento pode apreciar  a beleza, a história e o saudosismo dos carros antigos, além de conhecer o artesanato local e apreciar uma mateada”, destaca o secretário de Turismo e Cultura – Clemir Schmitt.

Segundo a coordenadora do Museu do Vinho – Caroline Martelo que também coordenou o evento, as parcerias firmadas pelo município, para realizar a exposição, foram essenciais para o sucesso. Ela explica que foram parceiros do evento o Clube Garimpeiros da Sukata, a Associação de Artistas e Artesões de Santa Gema, a Associação Belas Artes, a Artevide, a Ervateira Mazzutti e um grupo de voluntários do Programa Projovem desenvolvido pelo Governo Federal e a Prefeitura de Videira, através da Secretaria Municipal de Educação. “Nos surpreendemos positivamente com o número de participantes e visitantes e esse excelente resultado mostra que estamos no caminho certo ao promovermos iniciativas de lazer e entretenimento para a comunidade”, diz Caroline.

O Projeto Coreto em Movimento foi criado em 2010, com a intenção de reavivar a história do coreto e ampliar sua utilização para as mais variadas manifestações culturais. O coreto localizado ao lado do Museu do Vinho Mário de Pellegrin é um dos maiores símbolos históricos de Videira. Foi construído em 1994, na primeira gestão do prefeito Wilmar Carelli e do vice – Osmar Carboni, mas é uma réplica fiel da original, feita na década de 30, quando o espaço era utilizado para as apresentações de bandas e corais.  “Nossa intenção ao criar o Projeto Coreto em Movimento foi a de juntamente com os artistas locais e regionais, fazer do Coreto, um espaço de encontro e troca de idéias, aproveitando a pluralidade cultural existente em nosso município e, nas quatro edições que já promovemos, conseguimos atingir esse objetivo”, aponta Caroline Martello – coordenadora do Museu e do Projeto.


Silvia Palma - Assessora de Comunicação PMV
 Fotos: Pedro Schaitel

Um comentário:

  1. Parabéns a toda equipe. Esse museu agora criou vida! Abraços saudosos.

    ResponderExcluir